Depois de Chico Buarque, Caetano Veloso também entra na justiça contra deputado bolsonarista

Depois do cantor Chico Buarque recorrer à Justiça, Caetano Veloso também decidiu entrar na Justiça contra o deputado Bibo Nunes (PSL-RS), apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), conforme apuração do colunista Lauro Jardim, do O Globo.

A decisão dos artistas ocorreu após o parlamentar acusar os cantores de receber dinheiro para apoiar governos do Partido dos Trabalhadores (PT).

“Antigamente, só se incentivava a cultura com seus apaniguados. Se dava dinheiro ao Chico Buarque da vida, ao Caetano Veloso, músicos já consagrados, artistas consagrados, para apoiarem o governo.(…) Para que dar dinheiro para quem já tem? Só para apoiar o governo, na época de eleição? ‘Eu apoio Lula’. ‘Eu apoio Dilma’…”, disse o deputado.

Por meio de uma interpelação judicial, Veloso interpelou o deputado pelo seu advogado Ticiano Figueiredo. O ato é uma medida anterior a uma ação na Justiça.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *