“O pastor foi filho adotivo, genro e depois marido de Flordelis”-Central de Jornalismo

Compartilhado por Central de Jornalismo
Via Anna Azevedo/Renata Lannarelli

“O pastor assassinado foi da primeira geração das 50 e tantas crianças adotadas por Flordelis.

O garoto acabou se casando com uma das filhas também adotiva da deputada, ou seja, com a irmã.

Tempos depois, se separam. O pastor, então, se casa com a ex-sogra e mãe, a Flordelis.

Sendo assim, Flor se casa com o filho e ex-genro. Na sequência, ela o mata, afirma a polícia. Mata o marido, filho e ex-genro com a ajuda da filha.
E esta, ex-mulher e irmã do pastor, filha de Flordelis é presa acusada de ter ajudado a mãe a matar o irmão, pai e ex-marido.

No velório do marido-filho-ex-genro / pai-irmão-ex-marido da filha, Flordelis, meio-soprano, canta “pai, só a ti eu ofereço minha vida e o meu coração”.🕸

(Via Anna Azevedo)
(Via Renata Iannarelli)

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *