Arlete Sampaio pede apuração rigorosa sobre violência policial contra artista do DF

Por Central de Jornalismo
Fonte: Assessoria Imprensa Dep. Arlete Sampaio

A deputada distrital Arlete Sampaio encaminhou, nesta semana, ofício ao Secretário de Estado de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres, cobrando investigações sobre denúncia feita pelo artista plástico Pedro Sangeon. Criador do personagem Gurulino, Pedro denunciou ter sido vítima de agressão policial junho deste ano.

De acordo com o artista, ele e mais dois amigos que estavam produzindo arte no Polo Verde, no Lago Norte, quando foram presos, algemados e levados para a delegacia, onde teriam ficado nus e sido humilhados por cerca de quatro horas.

Ainda segundo a denúncia, os policiais envolvidos no caso utilizaram a todo o tempo o argumento de que ele era um “comunista vagabundo”. Os policiais teriam dito que se Pedro Sangeon fosse eleitor de “Bolsonaro”, o tratamento empregado seria outro.

Para a deputada Arlete Sampaio, esta é uma grave denúncia de violação de direitos humanos, com prática de crime tortura e perseguição política por agentes policiais no Distrito Federal. No ofício, também assinado pelos deputados Chico Vigilante e Fábio Felix, a deputada pede acesso à cópia do depoimento do artista registrado em Boletim de Ocorrência, requer informações acerca da existência de possível e necessária investigação correcional dos agentes policiais envolvidos na prisão do artista.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *