The Guardian: “Bolsonaro é confuso e incompetente”, diz Caetano Veloso ao Jornal Inglês

Por Teonoticias.com
Compartilhado por Central de Jornalismo

O cantor Caetano veloso criou uma grande polemica ao criticar fortemente o presidente Jair Bolsonaro em entrevista ao jornal Britânico The Guardian.

O cantor disse que o presidente é confuso e incompetente, e que seu governo tem sido um pesadelo.

PUBLICIDADEMgid

Aos 19 anos, ganha R$500 por dia e vive como uma princesa
Bitcoin UP

Homem de Belém transforma sua vida em luxo da noite para o dia
Bitcoin Up

Jovem de Belém: investi apenas R$ 70 e agora sou milionário
Bitcoin Up
PUBLICIDADEMgid

O cantor também comparou o atual governo com a ditadura militar. Falou sobre o que pensa sobre a pandemia, ataques ao setor cultural e diversos outros temas que estão ligados a atual situação do pais que nas palavras dele esta sendo um verdadeiro “pesadelo”.

Segundo o jornal, Caetano Veloso afirmou em entrevista que teme que algo possa acontecer, pois ele pensa que o grupo de apoiadores do Bolsonaro, que ele descreveu sendo um “grupo ultra reacionário” não deixarão o governo facilmente.

O cantor também afirmou que, esses últimos messes aqui no Brasil tem sido um “pesadelo absoluto, uma loucura”, e que a grupos de extrema direita que querem estabelecer uma nova ditadura no país.

O jornal Britânico destacou que mesmo com a diferença de 50 anos entre ditadura e o governo atual, ainda existem ecos perturbadores. E em resposta a isso Caetano Veloso disse: “Não podemos afirmar que o Bolsonaro não é o Brasil. Ele é parecido sim com os Brasileiros que conheço. Na verdade é parecido muito com o Brasileiro médio. A capacidade dele e do bando dele de permanecer no poder depende muito de enfatizar essa identificação com o brasileiro normal”.

O cantor também afirmou que após o dia 1° de janeiro quando o governo Bolsonaro entrou em cena, nada tem sido apresentado além de “insanidade”. Disse também que o executivo não fez absolutamente nada desde que o governo tomou posse.

A respeito da pandemia do coronavírus e de como o presidente Bolsonaro tem se comportado diante do vírus ele disse: “É totalmente bestial. Ele mantem a mesma posição mesmo sendo infectado. Ele nem se comportou como Boris Johnson, que decidiu mudar de opinião depois que foi infectado”.

O cantor comentou no final da entrevista que, mesmo com todos esse momentos péssimos que o pais esta vivendo ele continua “otimista” em relação ao Brasil.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *