Medina falha e francês é bi campeão

Medina precisava vencer a etapa e torcer para que o havaiano não chegasse a final para conquistar o bicampeonato

Medina falha contra francês e é eliminado; Florence é bi mundial

Acabou nas quartas de final do Pipe Masters, no Havaí, a derradeira chance de Gabriel Medina conquistar o título mundial pela segunda vez na carreira. Com dificuldade para achar as melhores ondas na ilha de Oahu, nesta segunda-feira (18), o brasileiro perdeu a bateria para o francês Jeremy Flores e foi eliminado da última etapa do Championship Tour (CT), a divisão de elite do surfe.

Com o resultado, John John Florence, líder do campeonato e classificado às semifinais, conquistou de forma antecipada, e pela segunda vez consecutiva, o título mundial de surfe. Medina precisava vencer a etapa e torcer para que o havaiano não chegasse a final para conquistar o bicampeonato.

Em mais de 20 minutos de bateria, Medina conseguiu apenas um pequeno tubo, que lhe rendeu 4,77. Flores foi mais feliz nas escolhas, usando a sua prioridade nas ondas para abrir 11,83. O brasileiro tentou quatro cartadas finais antes de o cronômetro zerar, mas não conseguiu completar a série em nenhuma delas. Melhor para o francês, que avançou à semifinal – o placar final foi de 12,76 contra 6,04 pontos.

Na primeira bateria das quartas de final, o brasileiro Ian Gouveia manteve o alto nível de suas apresentações em Pipe Masters, venceu o australiano Joel Parkinson (9,70 contra 8,40) e avançou à semifinal.

Na sequência, Florence encarou o australiano Julian Wilson. Em uma bateria com ondas instáveis, o havaiano aproveitou as melhores opções que apareceram na disputa e abriu larga vantagem. Diante de um adversário pouco interessado em reagir, venceu com facilidade por 17,60 a 2,34.

Gouveia e Florence farão a outra semifinal no Havaí. O brasileiro de 25 anos, filho do ex-surfista Fabio Gouveia, precisa alcançar a final para garantir vaga na elite mundial em 2018.

 

*Com informações da Folhapress.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *