Mais de mil golfinhos são avistados em um único dia em Fernando de Noronha

Em uma única manhã, no Arquipélago de Fernando de Noronha, os pesquisadores do Projeto Golfinho Rotador registraram 1010 golfinhos divididos em dois grupos. Um grupo de 190 indivíduos foi avistado na Baía dos Golfinhos, enquanto outro, formado por 820 golfinhos, foi visto nas Ilhas Secundárias. O arquipélago é protegido por duas unidades de conservação, a Área de Proteção Ambiental de Fernando de Noronha, Rocas, São Pedro e São Paulo (PE) e o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (PE).

Números como esse não são tão raros em Noronha, que é considerada a ilha oceânica com maior concentração regular de golfinhos do mundo. A espécie pode ser avistada o ano inteiro, mas, especialmente entre agosto e novembro, sua presença é abundante no arquipélago: em um único dia podem ser avistados mais de 2 mil golfinhos. Mesmo em outros meses, a probabilidade de avistar um golfinho é alta. Nos últimos 27 anos, eles aparecem em cerca de 95% dos dias do ano, numa média de 350 indivíduos por dia.

A estimativa é do Projeto do Golfinho Rotador que há quase três décadas se dedica à pesquisa e monitoramento da espécie em Fernando de Noronha. De acordo com o coordenador do projeto, José Martins, esse acompanhamento de longo prazo é essencial para detectar e entender os impactos das mudanças climáticas nas populações de golfinhos.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *