Irã acusa EUA e Arábia Saudita de provocar protestos

Estados Unidos, Arábia Saudita e até mesmo pelo Reino Unido seriam os países líderes das campanhas que influenciam as manifestações nas redes sociais

Irã acusa EUA e Arábia Saudita de provocar protestos
Segundo ele, os protestos são provocados pelos EUA, Arábia Saudita e até mesmo pelo Reino Unido, sendo estes países os líderes das campanhas que influenciam as manifestações nas redes sociais.

“Em nossa análise, uns 27% dos novos hashtags contra o Irã foram elaborados pelo governo saudita”, declarou Shamkhani. A interferência vem do exterior e é dirigida contra o progresso iraniano. Os protestos, de acordo com ele, “vão acabar dentro de alguns dias”.

As manifestações estão tomando as ruas de grandes cidades iranianas – Teerã, Mashhad, Isfahan e Rasht e outras – desde 28 de dezembro. Presidente iraniano, Hassan Rohani, destacou que os protestos foram provocados não apenas por dificuldades internas, mas também por incitações do exterior. De acordo com mídia local, cerca de 20 pessoas já morreram em meio à onda de reinvindicações da população.

 

*Com informações do Sputnik.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *