O Centro Cultural Banco do Brasil Brasília convida para o espetáculo “PALHAÇOS”.

Obra teatral com direção de Alexandre Borges que traz no elenco Dedé Santana e Fioravante Almeida.

Um dos mais importantes textos de Timochenko Wehbi, Palhaços, volta aos palcos em 2018, no Teatro I do CCBB Brasília, onde cumpre temporada de 25 de janeiro a 10 de fevereiro, em montagem estrelada pelo eterno trapalhão Déde Santana acompanhado do ator Fioravante de Almeida, sob a direção de Alexandre Borges. A peça fará a estreia nacional no Centro Cultural Banco do Brasil Brasília e em 16 março chega ao Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo.

A tragicomédia, escrita por Timochenko Wehbi na década de 1970, narra a história de um palhaço que tem a sua rotina alterada ao se deparar com um espectador em seu camarim. O encontro entre Careta (Dedé Santana), verdadeiro nome de José, e Benvindo (Fioravante Almeida), um vendedor de sapatos, faz com que ambos questionem a vida e a própria existência de uma maneira espirituosa, opondo o palhaço profissional ao palhaço da vida.

Durante a conversa, os personagens passam a se provocar, como em um jogo entre essas figuras opostas, desestabilizando crenças e valores, que se desnudam e refletem acerca de suas escolhas. A todo instante, um dos personagens parece dominar a cena quando, com um simples gesto, o outro rouba a atenção e o poder momentâneo do diálogo. As distâncias e as proximidades existentes entre Careta e Benvindo, remetem à metáfora dos homens que lhes assistem na plateia. Palhaços é um convite à reflexão sobre o verdadeiro papel do artista, o que faz com que o público ultrapasse o espaço da lona, do espaço cênico, para ver de perto o verdadeiro palhaço.

Um dos destaques dessa montagem está na presença de Dedé Santana nos palcos, um ícone do humor, com décadas de trajetória nas artes da interpretação. O embaixador do circo, eleito aos 78 anos de idade, e herdeiro da arte que oito gerações de sua família abraçaram, Dedé traz ao personagem que interpreta maestria em seu habitat natural, o picadeiro. Dedé é filho de artistas circenses, a contorcionista Ondina e o palhaço Picolino, e já aos três meses de idade estreou nos picadeiros, durante uma peça, no colo de sua mãe.

Sinopse: A tragicomédia Palhaços, escrita pelo autor Timochenko Wehbi na década de 1970, narra o encontro do palhaço Careta (Dedé Santana), e do espectador, Benvindo (Fioravante Almeida), com direção de Alexandre Borges. Em uma conversa no camarim, os dois questionam sobre suas vidas, de uma maneira espirituosa, opondo o palhaço profissional ao “palhaço” do cotidiano.

Ficha técnica:

Texto: Timochenco Wehbi

Direção Geral: Alexandre Borges

Elenco: Dedé Santana e Fioravante Almeida

Cenografia: Marco Lima

Figurino: Fábio Namatame

Iluminação: Domingos Quintiliano

Trilha Sonora: Otto | Dipa

Preparação Vocal: Madalena Bernardes

Coaching: Selma Kiss

Diretor de Palco: Mauro Nascimento

Contra Regra: David Nicholas

Fotos: Tatiana Coelho

Vídeo: Rústica Produções (em negociação)

Assessoria de Imprensa Brasília:

Rodrigo Machado: (61) 9 8654-2569 e rodrigomachado@territoriocomunicacao.com

Assessoria de Imprensa São Paulo:

Fabio Camara: (11) 9 9131-6727 e fabio@lugbi.com.br

Direção de Produção: Camila Bevilacqua

Produtor Executivo Brasília: André Deca

Produtor Executivo São Paulo: Bruna Rosa

Coordenação do Projeto: F L O Produções

Idealização: F L O Produções e LadyCamis Produções

SERVIÇO:

Espetáculo: PALHAÇOS

Gênero: Tragicomédia

Local: Teatro I do Centro Cultural Banco do Brasil Brasília

Endereço: SCES Trecho 2; Conj. 22

Temporada: De 25 de janeiro a 10 de fevereiro de 2018

Dias e horários: De quinta a sábado, às 20h, e domingo, às 19h

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia para clientes e funcionários do BB, estudantes, maiores de 60 anos, pessoas com deficiência e jovens entre 19 e 25 anos, comprovadamente carentes). À venda na bilheteria do CCBB, de terça a domingo, das 9h às 21h, (limitada a quatro unidades por pessoa), ou pelo site http://bit.ly/1i15LWM.

Duração: 70 min

Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos

Capacidade do teatro: 327 lugares.

Espaço com acesso e facilidades para pessoas com deficiência física // Ar-condicionado // Cafeteria e Restaurante.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *