STJ solta Wesley Batista, mas mantém Joesley na prisão

Na prática, Wesley Batista deixa a prisão em São Paulo para a prisão domiciliar. Já Joesley, para quem a defesa também pediu habeas corpus, continua preso
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu substituir a prisão preventiva dos irmãos Joesley e Wesley Batista por medidas cautelares. Na prática, com a decisão, Wesley deixará a prisão, já Joesley, para quem a defesa também pediu habeas corpus, continuará preso por ter um segundo mandado de prisão contra ele no STF ainda não julgado. A decisão é da sexta turma do STJ.
Wesley Batista está preso há cinco meses em São Paulo. A decisão judicial vai transferi-lo para a prisão domiciliar. Pela decisão do STJ, Wesley terá de “comparecer em juízo e manter endereço atualizado; ficará proibido de se aproximar e ter contato com outros réus e testemunhas; ficará proibido de ocupar cargo no conjuntos de empresas envolvidas no caso; ficará proibido de deixar o Brasil sem autorização; será submetido a monitoração eletrônica”.
Sócios da JBS, os empresários são acusados de usarem de modo indevido informações privilegiadas para lucrar no mercado.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *