Adeus a Marielle Franco: manifestações no Rio e em todo o Brasil

Assassinada brutalmente na noite desta quarta (14), no Estácio, por volta das 21h30, a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) é velada a portas fechadas, nesta quinta (15), na Câmara Municipal do Rio, na Cinelândia. O enterro será no cemitério do Caju por volta das 16h. Anderson Pedro Gomes, o motorista que estava com ela no carro, também morto na ação criminosa, é velado no mesmo local, mas, a pedido da família, o enterro será no cemitério de Inhaúma. Marielle e Anderson estavam acompanhados, ainda, da assessora Fernanda Chaves, atingida por estilhaços e levada ao Hospital Souza Aguiar.

Desde às 11h, militantes e filiados do PSOL-RJ fazem uma vigília em homenagem à vereadora, também na Câmara Municipal. O crime repercutiu ainda na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), onde foi decretado luto de três dias. A sessão não deve ser cancelada, mas está previsto um minuto de silêncio.

Logo após o anúncio da morte da vereadora, uma vigília foi realizada na madrugada desta quinta no espaço Plínio de Arruda Sampaio, na Lapa. Segundo o PSOL, cerca de 300 pessoas estiveram no local, de representantes de movimentos sociais a dirigentes do partido e o vereador Tarcísio Mota. O ato seguiu até 3h da manhã e foi retomado por volta das 11h  na escadaria da Câmara de Vereadores, na Cinelândia. Os organizadores pretendem ficar por lá até às 17h, quando partem para a Alerj. No Facebook, o evento Marcha Contra o Genocídio Negro, marcado para às 17h na Alerj, já tem mais de 72 000 pessoas confirmadas. Os manifestantes vão descer a Rua da Assembléia e marchar em direção à Câmara Municipal.

Há também manifestações marcadas em todo o Brasil:

– Em São Paulo será no vão livre do MASP, na Avenida Paulista, às 17h.

– No contexto do Fórum Social Mundial 2018, que ocorre em Salvador, a homenagem a Marielle está marcada para às 10h na Tenda Sem Medo, montada no Instituto de Física da Universidade Federal da Bahia.

– Em Brasília, o ato acontece das 11h às 14h no Anexo II da Câmara dos Deputados.

– Em Belo Horizonte, as homenagens serão na Praça da Estação, às 17h.

– Já em Recife, o movimento feminista Partida Recife organiza uma ação na Câmara Municipal, às 17h.

– Em Porto Alegre, um ato foi marcado às 17h30, na Esquina Democrática, no cruzamento da Avenida Borges de Medeiros com a Rua da Praia.

– Em Curitiba, o PSOL marcou a reunião para às 18h30, no Prédio Histórico da UFPR.

– Florianópolis se prepara para um protesto às 17h na Esquina Feminista, localizada no cruzamento entre as ruas Deodoro e Conselheiro Mafra. A organização pede que as pessoas levem material para a confecção de faixas.

– Em Natal, por sua vez, o ato será na frente da sede do partido da vereadora, às 17h.

– O movimento NOS Fortaleza, que tem o objetivo de atuar nas lutas sociais, convoca a população de Fortaleza para uma vigília às 17h na Praça Gentilândia.

– Em Belém, o movimento de juventude Juntos PA, que visa lutar contra todo tipo de opressão, organiza um protesto às 17h na Avenida Almirante Barroso, em São Braz, na capital do Pará.

– Em Manaus, o ato de resposta ao assassinato da vereadora Marielle Franco tem início previsto às 17h no Largo de São Sebastião.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *