Depois de sete anos, Zelito Passos volta aos palcos da cidade

Cantor e compositor se apresentará no Clube do Choro ao lado de convidados
Entre o final da década de 1970 e meados da de 1980, Brasília viveu um período de efervescência musical, que culminou com o boom do rock responsável por revelar para o Brasil bandas como Paralamas do Sucesso, Legião Urbana, Capital Inicial e Plebe Rude. Um pouco antes, projetos diversos foram determinantes para disseminar a produção de cantores e compositores de outros segmentos.
Rolla Pedra (Taguatinga), Feira de Música (Teatro Galpão), Show do Arroto (UnB), Concerto Cabeças (311 Sul), Canta Gavião (Cruzeiro Velho) e Panelão da Arte (312 Sul) entraram para a história da música na capital como palcos que acolheram incontáveis artistas. Vários deles conseguiram se destacar nacionalmente. Outros, optaram por permanecer na cidade, onde continuaram a levar adiante o seu trabalho.
Um deles é o cantor, compositor e poeta Zelito Passos. Ele, Gera de Castro, Chico Lima e Beirão formaram o coletivo responsável pela criação e realização do Panelão da Ar, projeto que teve início em 1979 e prosseguiu até 1981. Pelo palco, instalado na entrada da 312 Norte, passaram, entre outros, Alceu Valença, Renato Matos, Liga Tripa.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *