Procon Goiânia notifica rede de fast food por venda de sanduíche com aroma de costelinha

Fonte: Secom Goiânia

O Procon Goiânia realizou nesta terça-feira (03/05) fiscalização nas lanchonetes da rede de fast food Burger King em shoppings, galerias e comércio de rua da capital. A operação é resultado de denúncias de consumidores sobre o sanduíche “Whooper Costela”, cujo hambúrguer não é feito de costela.

A empresa foi notificada a apresentar explicações sobre a composição e a campanha publicitária do sanduíche, após a divulgação de nota na qual a rede admite que a carne é produzida à base de paleta suína e com “aroma 100% natural de costela suína”.

O Burger King tem 20 dias para resposta e apresentação da tabela nutricional do referido sanduíche. O recurso deve atestar a composição da carne, molhos, aditivos e outros componentes do hambúrguer, além de documentos que comprovem testes de qualidade, processo de manipulação, acondicionamento e tempo indicado para consumo.

Caso fique comprovado que houve indução do consumidor a erro, o restaurante pode ser multado por publicidade enganosa em até R$ 10 milhões.

Na mesma operação, os fiscais também pediram explicações sobre a promoção que permite, na compra de qualquer sanduíche, 30 minutos para consumo de refrigerante à vontade nas dependências do restaurante. 

O presidente do Procon Goiânia, Jeová Alcântara, afirma que o órgão se empenha na notificação de empresas por publicidade enganosa, “uma vez que atua na defesa do cidadão no que toca às relações de consumo e evita que o consumidor seja induzido ao erro”.

Na semana passada, o órgão notificou a rede McDonald’s pela mesma prática, após relatos de que o sanduíche “McPicanha” não apresentava carne de picanha na composição do hambúrguer.

Foto: Procon Goiânia

Programa de Defesa do Consumidor (Procon Goiânia) – Prefeitura de Goiânia

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *