TRT determina fim da greve e metrô voltará a circular nesta terça

Por unanimidade, o Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10) determinou, na tarde desta segunda-feira (18), o encerramento da greve dos metroviários, que dura 40 dias. Com isso, o transporte deve voltar a funcionar normalmente a partir de terça-feira (19). A Corte considerou a extensão dos prejuízos à população para tomar a decisão.

Na avaliação dos magistrados, no entanto, a greve não é abusiva, uma vez que foi motivada pelo descumprimento, por parte do GDF, do acordo coletivo de trabalho firmado em 2015. Entre as cláusulas que não foram respeitadas está o reajuste de 8,4% na folha salarial da categoria e a contratação dos aprovados do último concurso público para a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô/DF). A greve começou em 9 de novembro.
O relator do caso, desembargador André Damasceno, destacou que houve paralisação parcial do serviço e não total e que companhia não poderá descontar os dias de movimento. O magistrado também determinou que o Metrô-DF deve seguir o cronograma de convocações de candidatos até abril de 2018. Os cinco desembargadores que compõem a Corte acompanharam o relator. O julgamento ainda está em andamento.
Os metroviários se reunirão em assembleia para deliberar sobre o tema, mas o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do DF (SindMetrô) confirmou que vai cumprir a determinação da Justiça.
*Com informações do Correio Braziliense

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *