conheça algumas verdades sobre o lixo

O assunto não é nenhuma novidade, mas ainda falta muita gente fazer a sua parte. “No Brasil, cada pessoa está produzindo mais de 1kg de lixo por dia e só metade dos municípios já adotam medidas de coleta seletiva”, afirma a engenheira ambiental, e gerente de projetos da LCG Consultoria em Gestão e Sustentabilidade, Daiana Censi.

Segundo ela, ainda há muita confusão na hora de fazer o correto descarte dentro de casa. “A mistura do lixo úmido com o lixo seco dificulta a reciclagem dos materiais como vidro, plástico, papel e metais, além dos micro-organismos não conseguirem realizar a transformação do lixo úmido em adubo”, explica a profissional.

O lixo que é recolhido em nossas casas é levado para lixões ou aterros sanitários. Os resíduos úmidos se decompõem facilmente e se transformam em adubo, já embalagens plásticas, vidro, borracha podem demorar até 500 anos para fazer esse processo. “As previsões mostram que não haverá área útil no Planeta para destinação dos resíduos, caso os padrões de consumo não se alterem e as formas de reutilização e reciclagem não sejam adotadas e melhoradas a cada dia”, alerta Censi.

No caso do lixo orgânico, a utilização de composteiras é um recurso cada vez mais acessível e prático. Modelos compactos permitem que mesmo quem não more em casa possa aderir á ideia. O objetivo da compostagem é gerar adubo através da decomposição dos resíduos orgânicos. O resultado é um produto rico em nutrientes, excelente para hortas, jardins e plantas em geral. “É uma forma interessante de reduzir a quantidade de resíduos destinada aos aterros sanitários e ainda promover uma atividade de lazer como a jardinagem com a família”, conclui a especialista.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *