A arte que construiu Brasília-Clésio Ferreira

Por Júnior Marra para
Central de Jornalismo
10 de março de 2021

Clésio (Angical do Piauí, 24 de outubro de 1944 – 6 de julho de 2010) foi um compositor, cantor e professor brasileiro de origem piauiense radicado em Brasília. Segundo filho de Alice e Matias Ferreira, mudou-se para Brasília com 20 anos, em 1964, para morar com o irmão mais velho, Climério. Em 1965, o restante da família veio para a capital do país. Formou-se no curso de Letras Português da Universidade de Brasília (UnB) no início da década de 1970. Começou a dar aulas de matérias relacionadas à língua portuguesa. Na mesma década, começou a compor e participar de festivais de música.Também no início dos anos 70, Clésio começou a fazer músicas com os irmãos Climério e Clodo.[2] Em 1976, participaram do programa Mambembe, a vez dos novos, da TV Bandeirantes, produzido por. Os irmãos Ferreira apresentaram juntos seus trabalhos individuais. Clodo conta que o produtor do programa entendeu que formavam um trio. Até hoje, Clodo e Climério afirmam que não eram um trio, eles “tocavam juntos”. Em 1976, o cantor cearense Ednardo convidou os irmãos Clodo, Climério e Clésio para gravar um disco. Desse convite nasceu São Piauí.Ficou conhecido nacionalmente por causa da música Revelação, primeiro sucesso radiofônico de Raimundo Fagner (incluida no álbum Eu Canto – Quem Viver Chorará).[1] Compôs a melodia para o poema Memória, de Carlos Drummond de Andrade. Segundo Climério, outro artista musicou o poema e gravou. “Quando o Clésio viu esse poema com outra música, gravado e editado. O Clésio disse ‘não vou perder minha melodia, porque senão vão dizer que é plágio’. E o Clodo fez uma letra para a melodia.”. Clodo diz que precisou fazer três versões da letra até que ela casasse com aquela melodia. Ao ouvir a música, Fagner pediu que os irmãos reservassem para ele, pois queria gravá-la. Assim, nasceu a música mais famosa de Clésio.

Os irmãos Clodomir, Climério e Clésio se destacaram no cenário musical e se tornaram elementos importantes para a Música Popular Brasileira. Os irmãos, que começaram na carreira solo, certa vez apresentaram juntos no programa “Mambembe – a vez dos novos” e foram anunciados como Clodo, Climério e Clésio, desse evento nasceu a parceria.

Valorizar o passado para compreender o presente e idealizar o futuro.
Uma cidade sem memória é uma cidade sem história. Ponto dos Músicos e artistas de Brasília.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *