A Uberização do serviço público na reforma de Paulo Guedes- Por Kleber Moraes

A reforma administrativa proposta por Bolsonaro e Guedes é uma verdadeira destruição e desmoralização do serviço público

Kleber Moraes
Central de Jornalismo
26 de maio de 2021
Foto: Marcelo Casal Jr.
Agência Brasil

Enquanto Bolsonaro promove seu circo por algumas capitais do país em seu picadeiro móvel, com passeios motociclísticos, aglomerações, que mais parecem com campanha política antecipada, Paulo Guedes tá ‘passando a boiada’ em vários pontos estratégicos do Governo, como as privatizações das refinarias da Petrobras, Caixa, Correios, Eletrobrás, entre outras. Agora, o ‘Chicago Boy’ avança contra o funcionalismo público com pautas que praticamente acabam com todas as conquistas de décadas da categoria.

Nesse momento fica claro aquela frase usada por Guedes na reunião de governo” abraçaram a gente, enrolaram com a gente e nós já botamos a granada no bolso do inimigo…dois anos sem aumento”.

Agora, o que ele prepara é ainda mais danoso para quem estudou por anos para entrar no serviço público e para quem ainda se prepara para concursos, que poderão não existir mais com a nova reforma administrativa. Isso abre caminhos perigosos para acabar com a ‘estabilidade no serviço público’. Como disse o Deputado e Professor Israel “Qual a chance de um professor ser carreira típica de Estado? Não tem a menor chance”. Pela reforma, apenas cargos típicos de Estado, que serão definidos posteriormente em lei, serão estáveis! Então, a estabilidade é inegociável”, disse o Deputado.

*Deputado e Professor Israel é Presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público — a Servir Brasil — (PV-DF)

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *