Torcida do São Paulo protesta após derrota e pede a contratação de Luxemburgo

Cerca de 70 torcedores estiveram presentes em protesto durante a madrugada

Cerca de 70 torcedores organizados do São Paulo foram ao CT da Barra Funda para protestar na madrugada desta quinta-feira (22), durante a chegada do ônibus da equipe tricolor, contra a má fase do time. A principal reivindicação dos torcedores foi a demissão do técnico Dorival Júnior e a contratação do treinador, atualmente desempregado, Vanderlei Luxemburgo.

O protesto foi convocado por meio das redes sociais da Torcida Independente, logo após o apito final da derrota por 2 a 1 diante do Ituano, pelo Campeonato Paulista. Em tom de ironia, o perfil da organizada no Twitter citou que “jogadores canalhas” tentam derrubar Dorival Júnior, chamou o time de “sem vergonha” e “diretoria medíocre”.

Realmente Dorival você não entra em campo.Porém,Temos Jogadores
canalhas dentro de campo que na data de hoje irão te Derrubar. Ok culpado é o técnico né?
2018 não Temos Rogério Ceni e Hernanes Para salvar o time!Será que podemos confiar nestes Jogadores?

Iremos Para o Ct Agora
Acabou A Palhaçada !!!
Estamos na estrada

Muito respeito com a camisa Tricolor!
Quem esTiver na capital/ já pode se deslocar para lá.

Time sem-vergonha
Diretoria Medíocre
Técnico de merda

O tom irônico foi mantido também quando o elenco chegou ao CT, por volta das 3 da manhã. Os torcedores presentes aplaudiram o ônibus da equipe e pediram respeito à camisa do São Paulo.

Um dos poucos poupados pela organizada foi o meia Hernanes, que não faz parte do time do São Paulo em 2018. Símbolo da campanha que impediu o rebaixamento do São Paulo à Série B no ano passado, ele teve o seu nome cantado pelos torcedores.

Após a derrota desta quarta-feira, em partida atrasada por conta do confronto contra o CSA pela Copa do Brasil, o São Paulo lidera o Grupo C do Paulistão, com 10 pontos, empatado com a Ponte Preta. No momento, é a pior campanha entre os quatro grandes do Estado.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *