Imparável, ex-Ituano se recupera de lesão e volta a Portugal aos 41 anos

Para esta temporada, Anderson Dantas, que também atua no meio campo, tem um acordo com a diretoria do Ginásio Clube de Alcobaça

Por Agência Futebol Interior
Compartilhado por Central de Jornalismo
04 de fevereiro de 2021

Ribeirão Preto, SP, 29 (AFI) – Após um ano e meio, Anderson Dantas está de volta aos gramados. Aos 41 anos, o ex. jogador do Ituano se recuperou de uma cirurgia no joelho no qual correu o risco de ter uma perna amputada devido à má execução da cirurgia e uma infecção que comprometeu o membro. O atleta brasileiro continua em Portugal e vai para mais um temporada em sua carreira vitoriosa.

Atleta exemplo dentro e fora de campo, Anderson é comparado a grandes atletas que chegaram aos 40 anos jogando em alto nível, como Zé Roberto, ex-Palmeiras, Paulo Baier, Valdo, entre outros.

Para esta temporada, Anderson Dantas, que atua no meio campo, tem um acordo com a diretoria do Ginásio Clube de Alcobaça, para realizar a fase final de sua recuperação e, dependendo da sua evolução, atuar pelo clube, pois tem o aval do técnico Leandro Santos.

“Sou muito grato pelo que o clube tem feito por mim em minha recuperação. Claro que tenho desejo de voltar a jogar, o problema é que aqui em Portugal está tudo parado com a pandemia da covid-19 e o país entrou em lockdown. Está tudo fechado, as competições estão suspensas e isso também diminui os trabalhos na minha recuperação”, disse o brasileiro.

O jogador está na Europa há pelo menos 15 anos. Foram quatro temporadas jogando no futebol sueco pelo Alviks IK e pelo IFK Lulea

O maior tempo foi em Portugal, quando jogou pela primeira temporada no União Leiria, em 2005, passando pelo Rio Maior, Estrela Amadora, Oliveirense, Naval, Sourense e, por último o Nazarenos, em 2019.

Após sua lesão e cirurgia, ele tenta voltar a jogar, mas para ter recuperação mais rápida terá que aguardar mais um pouco até retorno dos clubes aos treinamentos.

“Tudo tem sua hora. O mundo está vivendo esse momento difícil e temos que ser conscientes que é necessário. Mas a minha vontade é muito grande, sei de tudo que passei recentemente e vamos continuar acreditando que voltaremos o mais breve”, disse o brasileiro Anderson Dantas.

PENSANDO NO FUTURO

Após passar por duas cirurgias, Anderson Dantas é um atleta dedicado, persistente e sabe que seu retorno aos gramados vai depender muito da evolução da sua recuperação. Atualmente, o profissional não tem a perspectiva de retorno rápido até porque os trabalhos no Alcobaça estão paralisados, assim como o Campeonato Português, sem previsão de retorno.

Pensando no futuro, o brasileiro deu grande passo em sua carreira e vem investindo na carreira de técnico de futebol. Tirou a Licença da UEFA, ministrado pela Federação Portuguesa de Futebol em conjunto com a Associação de Futebol de Leiria e já deu início ao nível seguinte da UEFA B, que dará o direito de comandar equipes profissionais no futuro.

MAIS DE ANDERSON DANTAS

Ex-jogador do Ituano, começou a carreira como lateral-direito e hoje atua mais no meio campo avançado.

Além da equipe de Itu, Anderson Dantas jogou pelo Capivariano, em 1999, Arapongas-PR, voltou ao Ituano, em 2002, foi emprestado ao Paraná, onde permaneceu de 2003 a 2005.

Após sua passagem pelo Paraná, as portas se abriram para atleta jogar no futebol português. Jogou pelo União Leiria, em 2005, e foi emprestado para UD Rio Maior, onde permaneceu até 2007.

Voltou ao Ituano em 2008 e no mesmo ano jogou novamente pelo Rio Branco de Americana. Em 2009, retornou a Portugal para jogar pelo Estrela Amadora, já atuando como meia.

Na nova posição, Anderson Dantas voltou ao Rio Branco, em 2011, permanecendo no Brasil até 2012. Sua ótima adaptação ao futebol português o fez voltar para jogar pelo AD Oliveirense. Surgiram então convites para jogar na Suécia e o atleta ficou quatro anos no país, jogando pelo Alviks IK e IFK Lulea.

Após ótima passagem na Suécia, o atleta mais uma vez voltou a Portugal, em 2016, para atuar pelo Naval 1º de Maio, onde permaneceu até 2017. Na sequência, recebeu convite do GD Sourense, onde jogou a temporada 2017/18, mas acabou recebendo uma proposta do Grupo Desportivo Nazarenos, sua última equipe antes da lesão.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *