“Presidente celebra estupidez miliciana”, diz presidente da OAB

Felipe Santa Cruz criticou passeio de Jair Bolsonaro, que promove aglomeração no Rio de Janeiro, enquanto Brasil teme nova onda de Covid

Por Débora Sögur-Hous/Metrópoles
Compartilhado por
Central de Jornalismo
24 de maio de 2021

Aline Massuca/Metrópoles

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, se manifestou nas redes sociais sobre o passeio de moto do presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro, enquanto o Brasil vive crise política, econômica e sanitária.

Para o advogado, Bolsonaro “celebra a irresponsabilidade e estupidez miliciana” ao resolver passear de moto com “seus adoradores”, promovendo aglomerações. A agenda do presidente “ignora hospitais lotados e a nova cepa indiana”, finaliza Santa Cruz.

Jair Bolsonaro convocou seguidores para o passeio de moto no Rio de Janeiro neste domingo (23/5) e grupos bolsonaristas estimam que o encontro reúna mais de 10 mil pessoas.

Segundo dados da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro, a taxa de letalidade da Covid-19 no estado está em 5,89%, a maior do país. A taxa de ocupação em leitos de UTI no Rio é de 84%, mas faltam medicamentos e há registro de filas para internação.

Mais sobre o assunto

CPI da Covid: em 2020, Butantan ofereceu vacina ao menos 7 vezes ao governo
Butantan alertou o governo sobre escassez de IFA, revelam documentos enviados à CPI
Até agora, quem é o campeão da mentira na CPI da Covid-19?
Governo informa à CPI que passeios de Bolsonaro no DF não são oficiais
O passeio de Jair Bolsonaro ocorre no contexto da CPI da Covid-19 que apura a responsabilidade do presidente e de sua equipe em se omitir de conter a pandemia de Covid-19, evitando comprar vacinas e supostamente promovendo aglomerações para promover a “imunidade de rebanho” através da contaminação generalizada pelo novo coronavírus.

O Brasil registrou mais de 16 milhões de casos de Covid-19 e 448 mil mortes pela doença no último sábado (22/5).

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *