Johnson & Johnson cancela entrega de 3 milhões de vacinas ‘Janssen’ ao Brasil.

Que o Governo Bolsonaro é negacionista e apostou na imunidade de rebanho todos já sabem, mas isso já está custando ao Brasil meio milhão de vidas. Vidas essas, perdidas em grande parte pelos atrasos em compras de vacinas como a Pfizer entre outras.

Por Kleber Moraes
Central de Jornalismo
14 de junho de 2021

A entrega no Brasil de 3 milhões de doses de vacinas da Janssen contra o novo coronavírus, prevista para acontecer nesta terça-feira (15), não irá mais ocorrer.

As informações são da BandNews TV. A suspensão foi confirmada pela reportagem junto à assessoria do Ministério da Saúde.

Por enquanto, não foi comunicado o motivo do cancelamento provisório, informado pela própria Janssen ao governo federal.

O governo federal, por enquanto, não fez nenhum comunicado oficial sobre o motivo do cancelamento, informado pela própria empresa ao Executivo.

Apesar de não estar confirmada uma nova data para entrega, o Ministério da Saúde trabalha para receber as vacinas ainda nesta semana, em três remessas.

A Janssen é o braço farmacêutico da megaempresa Johnson & Johnson e sua vacina contra a Covid-19 é aplicada em dose única. De acordo com dados disponíveis, ela tem 85% de eficácia nos casos mais severos da doença.

O problema é que a remessa já chegaria ao Brasil com prazo de validade próximo do fim (27 de junho). Por isso, a prioridade é que seja distribuída para capitais e cidades maiores.

Fonte: Jornal Opção

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *