Luíz Omar planeja sua volta à Presidência do Paysandu

O “Sheik do Norte” quer resgatar as glórias do Papão do Curuzú.

Por Kleber Moraes para o Central de Jornalismo

Luiz Omar Pinheiro anuncia que será candidato a Presidência do Paysandu homenageando o grande amigo que o levou para o Papão do Curuzú, Asdrúbal Bentes, que dá nome a sua chapa ‘Paysandu Raiz-Presidente Asdrubal’, que concorrerá às eleições em outubro próximo.

“A torcida do Paysandu quer mesmo é títulos! Somos o maior time do norte, temos uma das maiores torcidas do Brasil e não dá mais para seguir nessa linha de Alice no país dos sonhos e delírios”, disse o ex-presidente.

O Sheik do Norte não economizou críticas à atual diretoria quando lhe informaram que a mesma ventilou colocar o nome de Asdrúbal na chapa à reeleição, após ficar sabendo da homenagem que ele faria ao amigo, colocando seu nome na chapa “Se Vivo estivesse, Asdrúbal jamais admitiria uma chapa encabeçada por outras pessoas que não por mim, Luiz Omar e companheiros que estiveram comigo em várias conquistas com o bicolor”

Omar Respira fundo, bebe água e continua “O espírito de luz de Asdrubal deve estar agoniado, porque ele não era adepto da administração da Novos Rumos(atual diretoria), e sim da minha administração e será um grande desrespeito à memória desse ex-presidente raiz
se eles insistirem nisso”.

Omar disse que existe uma grande diferença entre as administrações “Raizes”, dele e de Asdrúbal, que valorizavam jogadores da base do time e de jogadores regionais do estado do Pará, para a atual administração, quem vem a cada ano realizando contratações caríssimas sem retornos de fato.

“Vamos resgatar nossa história de vitórias e títulos a partir de 2021, e para isso iremos compor uma diretoria forte e focada em trazer a alegria para nosso torcedor por meio de vitórias, títulos, canecos e purpurinas”, disse o Sheik do Norte numa empolgação de quem já sabe o caminho para levar o ‘Papão do Curuzú’ novamente para a série B do campeonato Brasileiro.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *