Médico candidato quer construir hospital em Jundiaí com setor permanente anti Covid

Universidade pública com cursos de medicina e biologia fazem parte do plano afim de preparar a cidade e região do entorno ara pandemias inevitáveis no futuro próximo

Eleições 2020:
Por RADAR RMC
Especial para Central de Jornalismo

O médico especializado em doenças respiratória Antônio Pacheco – Dr. PACHECO que concorre à prefeitura de Jundiaí pelo PODEMOS, numa das mais desenvolvidas do interior Paulista, recebeu nossa equipe em seu consultório para destacar alguns de seus projetos, caso vença a disputa em dois turnos

Entre inúmeros projetos e compromissos, o médico pretende implantar no município o primeiro hospital público sob controle total da gestão municipal. Hoje os existentes são particulares convênios a prefeitura e estado.
Para completar essa implantação, se eleito, quer desenvolver outras ações que vão impactar positivamente no setor da saúde, um dos gargalos mais frustrantes da atual gestão que não tem dado conta dessa promessa feita em 2016
Ouvido pela reportagem, Dr. Pacheco, anuncia também como prioridade a criação dentro da atual estrutura epidiomologica municipal, um departamento exclusivo para estudar, descobrir a presença de vetores de moléstias, afim de oferecer protocoliscde combate e tratamento preventivo as possíveis mutações da COVID ou outras epidemias previstas infelizmente, pela ciência
Completando essa estrutura proposta, o candidato afirmou que vai recorrer ao governo federal para ter um campus universitário público, se possível com cursos iniciais de medicina e biologia, área diretamente ligadas à essas preocupações dele como gestor público dedicado a saúde
O médico abordou ainda que programas de Telemedicina e de atendimento móvel nos bairros, será viabilizado num eventual governo sob seu comando.
Carretas com consultorios só para mulheres, mamografia, clínica geral, geriatria e Odontológicas, comporão esse esforço cde guerra para desafogar as inaceitáveis filas de hoje para uma simples consulta ambulatórial, com demora média de 60 dias
Para completar Dr Pacheco, adiantou que vai comprar através de licitação pacotes de consultas, exames e outros procedimentos médicos para distribuir vales consultas na rede particular até que o poder público consiga solucionar o problema em definitivo.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *