Furlan dispara na reta final e poderá ser eleito hoje em Macapá

O último debate na Globo/Amapá consagrou liderança do médico Dr. Furlan

Por Central de Jornalismo
20 de dezembro de 2020

Realizado em clima de grande expectativa na noite dessa sexta-feira, 18 de dezembro, por volta das 23 horas ao vivo, após a novela A FORÇA DO QUERER, o último debate eleitoral antes do pleito de domingo levou a mais significativa mensagem dos dois concorrentes finalistas JOSIEL (DEM ) e DR FURLAN (CID).
O encontro transmitido para todo estado alcançou elevados índices de audiência.
Por essa razão a equipe do PORTAL CN(CENTRAL DE JORNALISMO) realizou levantamento em tempo real por telefone afim de avaliar a opinião dos telespectadores da rede Amazônica sobre quem se saiu melhor durante a transmissão.
O encontro mediado pela competente jornalista ALINE FERREIRA foi dividido em 3 blocos distintos e transcorreu num clima equilibrado entre os de batedores quase sem ataques que em consequência da maior exposição de propostas não ocasionou nenhum pedido sobre direito de resposta, em razão de alguma ofensa ou calúnia proferidas. Isso foi bom porque o debate acabou sendo visto de forma pró-ativa no Brasil todo e pelo mundo afora através das redes sociais.
Nesse acompanhamento, monitoramento e sondagem que a equipe do CN realizou aleatóriament pelo sistema TRACKING, os telespectadores, ouvintes da CBN e seguidores da redes SOCIAIS da emissora e dos próprios debatedores deram vitória ao candidato de oposição DR FURLAN com larga margem favorável de opiniões.
O levantamento em si também confirmou a tendência, antes detectada da intenção de votos em pesquisa do IBOPE publicada dia 17, pela Globo, com autorização da justiça eleitoral. No levantamento o DR FURLAN também apareceu na frente com confortável vantagem consolidada.
Na avaliação da performance geral dos candidatos durante o debate, FURLAN foi o melhor para 68% dos entrevistados contra 28% que disseram ter sido JOSIEL o que melhor se mostrou para o eleitor. O restante para completar os 100% do índice não quiseram se manifestar ou não souberam responder.
Em outra questão perguntada sobre a sensação de quem venceria a eleição, o público mais uma vez também afirmou acreditar que o candidato do Cidadania tem mais chances de vencer num placar de 57% contra 43% do seu adversário. Essa diferença é menor do que a impressão de vitória no debate porque o eleitor ouvido acredita que o caracter milionário da campanha de JOSIEL e a desinformação produzida por alguns de seus adeptos poderá influenciar negativamente os resultados. Entrevistados condenaram por unanimidade o jogo sujo da compra de votos.
A essa altura portanto a poucas horas do início da votação resta aguardar a abertura dos locais de votação, em seguida a esperada presença em massa dos eleitores e depois a apuração de uma eleição que está sendo acompanhada com muito interesse no país todo pelo que representa como balão ensaio para o próximo pleito nacional em 2022.
Apesar da confusão dos números e previsões de pesquisas feitas as vezes a partir de critérios nada recomendáveis e enviezados, só após a apuração final da única pesquisa verdadeira, válida e definitiva através do sufrágio do voto universal e secreto do eleitor é que l saberemos com certeza quem irá comandar as capital do meio do mundo (Linha do Equador) e de quebra, quem sabe também, a identidade dos três homens presos em Macapá quando foram flagrados pela POLÍCIA FEDERAL, comprando apoio para um dos candidatos, oferecendo 150 Reais por veículo adesivado com propaganda eleitoral, o que a lei proíbe expressamente. Muitos afirmaram que não deve ser da campanha de oposição, pois se fosse não haveria segredo e já estaria a situação estampada nas manchetes de Jornais e em todo tipo de sites e portais de conduta duvidosa a serviço de poderosos inescrupulosos que tentam a todo custo macular a democracia.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *