Lula diz que boicote à Coronavac justifica impeachment de Bolsonaro

Por Jornal GGN 22/10/2020
Compartilhado por
Central de Jornalismo

“Se faltava crime de responsabilidade, essa foi a maior irresponsabilidade de um presidente que já vi”, diz o ex-presidente.

Jornal GGN – O ex-presidente Lula defendeu por meio das redes sociais que o boicote à vacina Coronavac por capricho de Jair Bolsonaro justifica um processo de impeachment.

“Se a sociedade, os partidos e os parlamentares, precisavam de um motivo para discutir o impeachment, Bolsonaro acaba de cometer um crime contra a nação ao dizer que não vai comprar a vacina e desrespeitar um instituto da seriedade do Butantan e toda a comunidade científica”, escreveu Lula.

Para o petista, “se Bolsonaro não acredita na eficácia da vacina, ele que não tome. Mas o papel de um presidente da República é possibilitar que o povo tenha a vacina a sua disposição. Se faltava crime de responsabilidade, essa foi a maior irresponsabilidade de um presidente que já vi”, frisou.

Na terça (21), o Ministério da Saúde havia anunciado a compra de 46 milhões de doses da vacina desenvolvida pela chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo, ao custo de R$ 1,9 bilhão. A Pasta também se comprometeu com R$ 80 milhões para expandir as fábricas do Butantan.

Mas irritado com a capitalização do anúncio por João Doria, Bolsonaro mandou cancelar o protocolo de intenção de compra menos de 24 horas depois da assinatura. O presidente passou a insinuar que a vacina é insegura e cara, e disse que o brasileiro não será cobaia da “vacina do João Doria”.

Na visão da ex-presidente Dilma Roussef, Bolsonaro é quem faz o povo brasileiro de cobaia, ao incentivar o uso da cloroquina, “remédio inócuo contra a Covid19 e perigoso pelos efeitos colaterais”. “Agora, atenta contra o conhecimento e a civilização, ao anunciar que vai vetar o uso da primeira vacina disponível contra a doença.”

“Por ignorância e fanatismo ideológico, Bolsonaro ameaça a vida da população brasileira. Interditando o uso de uma vacina, será responsável pelas mortes que vierem a ocorrer pela falta de prevenção. Terá de ser julgado por isso”, defendeu Dilma.

Administrador

Fonte Segura: Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *